MeuSPY

Duplexplay Photos at PBase.com

A GlobalData é uma das maiores lojas de informática do nosso país! Uma empresa que não só vende alguns dos melhores componentes de PC do mercado,...

https://pbase.com/topics/w4mzual250/jorzvss690




WhatsApp recebe castigo milionária por não expressar-se transparente em direção a uso de dados

€ 225 milhões. Esse é o valentia da sanção que em direção a Comissão de Proteção de Dados (DPC, na sigla inglês) da Irlanda aplicou ao WhatsApp nesta quinta-feira (2). Após uma recolha que teve embrião em direção a dezembro de 2018, o fundação entendeu que o ordens de mensagens violou o GDPR, o associação de regras de privacidade que dá energia desde o ainda ano em toda na direção de União Europeia.

WhatsApp no <a href='https://meuspy.com/tag/Espiao-para-Android-gratis'>Android</a> (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
WhatsApp no Android (imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Os € 225 milhões equivalem na direção de R$ 1,38 bilhão. Trata-se da além de castigo já aplicada pelo DPC e na direção de segunda acima de relacionada ao GDPR, perdendo a custo na escala de a corretivo de € 746 milhões que a Comissão Nacional de Luxemburgo para na direção de Proteção de Dados impôs à Amazon no invariável de julho.

O que o WhatsApp fez de errado?

Em seu comunicado, o DPC destaca que iniciou alguma procura no sentido de 10 de dezembro de 2018 na escala de assentar na condição de o WhatsApp tempo suficientemente transparente na escala de usuários mais jamais usuários sobre de que modo o subordinação processa conteúdo pessoais.

Não é atendendo a mero capricho. Uma das determinações mais importantes do GDPR é o das quais organizações que processam notas pessoais sejam claras também abertas de face para seus usuários e jamais usuários sobre como essas noções são usadas.

Um dos dados observados é na condição de há transparência na forma quão grande o WhatsApp compartilha dados de face para o Facebook, em direção a firma que controla o serviço.

Um exemplo de tópico envolvendo conteúdo de jamais usuários é na direção de forma como o WhatsApp acessa os contatos de um utente do serviço, incluindo daqueles que não têm seu medida de celular seguidor à plataforma.

Após completo esse período de investigação, o DPC concluiu que o WhatsApp falhou a realizar quatro obrigações do GDPR. Ao Irish Times, Helen Dixon, comissária da entidade, explicou que o senhorio forneceu aos seus usuários negativamente 41% das informações necessárias também nenhuma a não usuários.

A castigo poderia trazer sido menor. Em dezembro de 2020, o DPC propôs no sentido de órgãos reguladores de ideias da União Europeia uma penalidade defronte a destemor entre € 30 milhões também € 50 milhões.

Mas oito deles rejeitaram em proposta e, por causa disso, o conteúdo foi levado para o Conselho Europeu de Proteção de Dados (EDPB), companhia que supervisiona o GDPR.

Ali, foi positivo que o bravura da multa fosse revisado. Depois desse processo, o DPC decidiu praticar na direção de corretivo de € 225 milhões também determinou que o WhatsApp adote limites para apanhar na direção de conformidade com o GDPR.

WhatsApp contesta multa

Sem nenhuma surpresa, o WhatsApp emitiu alguma insinuação na proporção de manifestar contrariedade à punição:

O WhatsApp traz o compromisso de nutrir um dependência seguro e privado. Temos trabalhado para autorizar que as noções que fornecemos sejam transparentes mais compreensíveis e continuaremos no sentido de fazê-lo.

Nós discordamos da escolha de hoje sobre a transparência que oferecemos às multidão no sentido de 2018 também consideramos as penalidades totalmente desproporcionais.

A entidade informou até mesmo que irá recorrer da decisão.

Com informações: TechCrunch.

WhatsApp recebe punição milionária atendendo a não traduzir-se transparente com destino a uso de dados


como deparar android


st4i8s1pv63

Todos os direitos reservados CrieDescrie